Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cúmplices

Domingo, 02.01.11

 

A noite vem às vezes tão perdida

E quase nada parece bater certo

Há qualquer coisa em nós inquieta e ferida

E tudo o que era fundo fica perto

 

Nem sempre o chão da alma é seguro

Nem sempre o tempo cura qualquer dor

E o sabor a fim do mar que vem do escuro

É tantas vezes o que resta do calor

 

Se eu fosse a tua pele

Se tu fosses o meu caminho

Se nenhum de nós se sentisse nunca sozinho

 

Trocámos as palavras mais escondidas

Só a noite arranca sem doer

Seremos cúmplices o resto da vida

Ou talvez só até amanhacer

 

Fica tão fácil entregar a alma

A quem nos traga um sopro do deserto

Olhar onde a distância nunca acalma

Esperando quem vier de peito aberto

 

Se eu fosse a tua pele

Se tu fosses o meu caminho

Se nenhum de nós se sentisse nunca sozinho...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 02:57





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





comentários recentes

  • vibradores

    Eu gosto de seu blog

  • Hugo Legue (leki leki)

    Querida!!! opa...nao lido muito bem com elogios......

  • Vladmiro

    É um artigo muito bom vai fazer bem a juven...

  • Anónimo

    Olá miúda,Afinal também estás atenta e presente! A...

  • themelodyofwriting

    Oh babe, sabes bem que gostei do que escreveste. A...

  • Joana

    É verdade sim senhora amiga escritora! ;) isto é u...

  • Joana

    Entao tens de tirar um fim de semana da tua agente...

  • themelodyofwriting

    ADORAVAAAAAAAAAAAAAAAAAAA JOANA!!!!!

  • Joana

    Andar a cavalo?? Oh babe nao seja por isso eu levo...

  • Anónimo

    Minha querida, a vida são umas férias que a morte ...