Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Swazy

Quinta-feira, 17.02.11

 

O ser mais querido do mundo... Há quase 5 anos que estás comigo e parece que foi ontem que entrei em casa e te vi pela primeira vez... Já não me imagino a entrar nesta casa e tu não estares. A mesma fica tão vazia... Apesar de haver sempre aquela parte 'menos engraçada', de teres que ir à rua, ainda mais quando chove, és tu que dás alegria a isto. Fogo, gosto tanto mas tanto de ti. Bem, quem lê isto e pensa 'OMG, aquela faz um post dedicado ao cão!'. Ya pois faço... Ter um cão é mais que qualquer coisa. Quem não tem não sabe, não entende. Não vou citar o acontecimento, mas posso dizer que dia 17 de Março de há dois anos atrás, foi o dia em que tive mais pena de ti. Só de pensar vêm-me as lágrimas aos olhos... Por momentos, parecia que te estava a abandonar. E, de certa forma, abandonei. Ladravas e ladravas... Ao afastar-me ouvia ainda o teu ladrar... O teu uivar... O teu choro. Eu não te podia trazer comigo, mas acredita que vieste comigo no meu pensamento. Mas 'há sempre uns que levam por tabela.' E tu levaste... Não vieste parar à melhor família do mundo, não... Mas vieste parar à certa. A certa nem sempre é a melhor... Mas é a que nos faz mais felizes. Amo-te Swazy... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 02:39








comentários recentes

  • vibradores

    Eu gosto de seu blog

  • Hugo Legue (leki leki)

    Querida!!! opa...nao lido muito bem com elogios......

  • Vladmiro

    É um artigo muito bom vai fazer bem a juven...

  • Anónimo

    Olá miúda,Afinal também estás atenta e presente! A...

  • themelodyofwriting

    Oh babe, sabes bem que gostei do que escreveste. A...

  • Joana

    É verdade sim senhora amiga escritora! ;) isto é u...

  • Joana

    Entao tens de tirar um fim de semana da tua agente...

  • themelodyofwriting

    ADORAVAAAAAAAAAAAAAAAAAAA JOANA!!!!!

  • Joana

    Andar a cavalo?? Oh babe nao seja por isso eu levo...

  • Anónimo

    Minha querida, a vida são umas férias que a morte ...