Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E... Porquê?

Quarta-feira, 15.02.12

Às vezes penso, ou a maior parte do tempo, o porquê de muita coisa. O porquê de aqui estarmos; de termos a família que temos; de termos sido destinados ao presente que vivemos. O porquê de sermos como somos; o porquê da vida. A resposta não é fácil, quando perguntamos: Mas, afinal, o que é a vida? Não é nada fácil responder a isto...

Tirando o facto de toda a história da vida humana, animal, etc... Porquê? A vida está cheia de porquês que nunca irão ter resposta. Só porque isto é algo inexplicável. Somos só uns pequenos seres, num pequeno planeta, num universo... Infinito? Será? Porquê acreditar em Deus? Se estamos melhor no céu, porque é que não morremos todos e vamos para lá? Porque é que acreditam em Deus e, na hora em que a morte bate à porta, só cá queremos ficar? Porquê o medo de partir, quando acreditamos que há céu; que há vida depois da morte. Porquê ter fé em Deus, se nunca o vemos? Sentimo-nos mais seguros? Sim. Ainda mais se tivermos fé em nós próprios. É aí que a mesma reside. 

E eu, porque é que continuo cá? Fácil de responder. Para mim viver é fantástico. O ser humano é capaz de fazer e sentir coisas incríveis. E é o experimentar de tudo isso que me faz querer ficar. A vontade de querer experimentar tudo mais. A vontade de amar. No entanto, podia ser tudo tão diferente... Mas nós só nos limitamos a seguir o que cá deixaram; o quotidiano que ficou. E..? Se, realmente, a vida tem coisas fantásticas para oferecer, porque é que não aproveitamos? Porque é que passamos o dia a fazer coisas insignificantes? Quando o mundo acabar, daqui a muito tempo, irá fazer alguma diferença? Não. Por isso mesmo, acho que nos cabe a tarefa de nos sentirmos diferentes enquanto cá estamos. Fazer algo de espantoso; realizarmo-nos. Porquê levar a vida tão a sério? Chorar por insignificâncias; julgar; discutir. Toda a gente pensa, sei que sim: 'Porquê??? Porque é que isto tinha que me acontecer a mim? Fiz mal a alguém? Não mereço isto.' Pensamos, muitas vezes. Eu, pelo menos, penso. E eis as respostas... Porque sim. Porque acontece sempre algo a alguém. Não, não fizeste mal a ninguém. É assim que as coisas são. 'Ah e tal porque acontece por sinal.' Acontece porque sim. Nem tudo tem que ter uma explicação. 

Cada um é livre de acreditar e pensar no que quiser, da maneira que apetecer. Mas aproveitem os prazeres da vida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 06:14


1 comentário

De Joana a 16.02.2012 às 01:43

É verdade sim senhora amiga escritora! ;) isto é um bom post para os leitores reflectirem...

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829





comentários recentes

  • vibradores

    Eu gosto de seu blog

  • Hugo Legue (leki leki)

    Querida!!! opa...nao lido muito bem com elogios......

  • Vladmiro

    É um artigo muito bom vai fazer bem a juven...

  • Anónimo

    Olá miúda,Afinal também estás atenta e presente! A...

  • themelodyofwriting

    Oh babe, sabes bem que gostei do que escreveste. A...

  • Joana

    É verdade sim senhora amiga escritora! ;) isto é u...

  • Joana

    Entao tens de tirar um fim de semana da tua agente...

  • themelodyofwriting

    ADORAVAAAAAAAAAAAAAAAAAAA JOANA!!!!!

  • Joana

    Andar a cavalo?? Oh babe nao seja por isso eu levo...

  • Anónimo

    Minha querida, a vida são umas férias que a morte ...