Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Babe ♥

Sábado, 17.03.12

Foi desde a primeira vez que te ouvi a cantar que reconheci o talento que tens dentro de ti, e como fiquei impressionada! Presentes desses não se desperdiçam, sentem-se e mostram-se a quem sabe apreciar musica. Como em tudo, há os seguidores e os haters (porque não podemos agradar a todos não é verdade?), mas segue o teu caminho.. principalmente por ti, e por quem te apoia porque é um prazer ouvir-te! Não guardes esse talento só para ti, leva-o a ouvidos ainda desconhecidos e também por nós, os teus amigos, pois queremos ver-te ir mais longe! Aposta, arrisca, mostra-te, porque grande parte da nossa vida é aquilo que fizermos dela * Acredita babe, eu acredito em ti!

 

Babe... Por onde hei-de começar? É tudo tão vasto e intenso. Como eu falo e escrevo pelos cotovelos, não vai ser fácil orientar-me num texto destes, como podes imaginar.

Lembro-me, como se fosse ontem, de estarmos sentadas na sala de aula, lado a lado, com os nossos pais atrás de nós a conversarem. E isto foi há 10 anos atrás. Antes disso, lembro-me de estarmos na ginástica e tu chamares-me 'Cáta'. Isso já deve contar com os seus 14 anos, talvez. Ou mais. Lembro-me, também, de cantar em frente ao espelho (como se este fosses tu) para não ires embora para Óbidos. Foste, mas não foste embora do meu coração. E hoje vivemos o nosso sonho de crianças: viver juntas, partilhar casa. 

Quantas vezes me dizes tu: 'E se tu não estivesses aqui comigo em Leiria?'... E agora pergunto o mesmo. Eu não preciso de provas tuas acerca da importância da nossa amizade para ti, mas tu dás-me todos os dias, sem dares por isso. Ainda bem que reparo sempre nas pequenas coisas. Se soubesses a importância que dou à tua solidariedade. Acredita, és das pessoas mais solidárias que conheço. Como já te disse, tens sido a minha grande companhia, a grande presença na minha vida nestes últimos tempos. E vou-te dizer o porquê de dar mais ênfase a estas últimas semanas. O que seria de mim, sem ti, para cuidar das minhas otites? Para me comprar as gotas e até metê-las? Mandar-me ir descansar enquanto fazias o jantar? O que seria de mim sem ti... Para conseguir estar em Leiria? Estar à janela do quarto, sem ti, não é a mesma coisa. Dormir no quarto, sem ti, não é a mesma coisa. Esta semana tive uma das melhores noites da minha vida, tal como tu. Babe... Foi viver como se não existisse o amanhã. Não soube bem? 

Obrigada por acreditares em mim, estares sempre do meu lado mesmo quando não concordas comigo. Obrigada, principalmente, pelo teu ombro amigo nas alturas mais complicadas. Quantas lágrimas deitei eu contigo? Tantas como tu me deste o calor do teu abraço, do teu consolo. Apesar de aparentemente forte, por dentro sou das pessoas mais frágeis do mundo e tu sabes disso. Infelizmente nunca consigo estar totalmente em paz quando estou por Leiria, não pelo que se passa lá, mas fora... Não preciso de ir mais além. Mas, estar contigo, torna tudo tão mais leve. Talvez por seres mais racional que eu e com os pés mais acentes na terra, trazes-me à realidade. Mas não é uma realidade má. Mostras-me uma realidade bonita da vida. Aquela que eu muitas vezes não vejo. A maior parte do tempo vivo uma realidade que queria que fosse a minha. Mas não é... Invejo a tua ambição, a sério que sim. A tua força de vontade. És a pessoa mais cabeça no ar que conheço, mas sei que vais muito longe. Não mudes. Para mim, és a mesma de há uma década atrás. Olho para essa altura da nossa vida e para hoje... Sentidos da vida completamente diferentes, mas tu não mudaste. Eu não mudei. A única coisa que mudou? O aumento do amor que eu sinto por ti. Incrível como cresce. 

Amigo de verdade... O que ri contigo; o que chora contigo; o que cuida de ti; o que ama os teus defeitos; as tuas qualidades; o que partilha contigo. É aquele que sente o mesmo que tu; é o que te chama à verdade, por mais que doa; o que te acompanha sempre. É aquele que não te sai do coração nunca. É o que vive momentos intensos e únicos contigo; o que tu consideras como irmão. Tu és tudo isso, mais mais que isso... És aquilo que as palavras não descrevem. Não encaixam na tal dimensão desta amizade... És mesmo muito, muito importante para mim. Não faço ideia do dia de amanhã nem quero fazer, mas a minha certeza hoje é que te quero comigo sempre. 

Não preciso de te dizer o espaço que ocupas no meu coração... Tu sabes. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 05:51





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031





comentários recentes

  • vibradores

    Eu gosto de seu blog

  • Hugo Legue (leki leki)

    Querida!!! opa...nao lido muito bem com elogios......

  • Vladmiro

    É um artigo muito bom vai fazer bem a juven...

  • Anónimo

    Olá miúda,Afinal também estás atenta e presente! A...

  • themelodyofwriting

    Oh babe, sabes bem que gostei do que escreveste. A...

  • Joana

    É verdade sim senhora amiga escritora! ;) isto é u...

  • Joana

    Entao tens de tirar um fim de semana da tua agente...

  • themelodyofwriting

    ADORAVAAAAAAAAAAAAAAAAAAA JOANA!!!!!

  • Joana

    Andar a cavalo?? Oh babe nao seja por isso eu levo...

  • Anónimo

    Minha querida, a vida são umas férias que a morte ...