Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Back!

Terça-feira, 29.09.09

Bem... Depois de algumas horas a (tentar) pensar, ainda não sei sobre o que escrever, mas já tinha saudades do blog portanto... Aqui estou eu.

Espanha, Espanha. Bons dias, muito bons. Mas, apesar de ter gostado bastante, não é algo sobre o que me apeteça escrever. Gosto apenas de relembrar ou contar com as pessoas de quem gosto ou com quem fui... É muita coisa para escrever, sentimentos que não passam para o escrito. São coisas que só entre quem foi é que sabe e sente. Quem liria não sentiria o mesmo, de maneira nenhuma. Portanto não vou escrever para não deixar ciúmes. Estou a brincar. Por acaso não estou. Foi uma experiência diferente e marcante. Não acontecem muitas vezes uma junção entre portugueses, espanhóis e italianos. Mesmo algo a não esquecer.

E pronto... O que postar mais? É assim a vida... Estou para aqui a bocejar poooorque estou bastante cansada. Mas é engraçado porque já devia estar na cama e não estou. Aliás, ainda estou de chuteiras e caneleiras calçadas. Sou o cúmulo da preguiça, sinceramente. Estou a ouvir "Now we are free", soundtrack from Gladiator! Grande filme, recomendo. Este texto não está a ficar com muito sentido. Sou eu que já estou a trocá-los todos com o sono. Parece que já estou a  ouvir uma voz a dizer-me " Vai para a cama!". Eu vou, mas quando acabar isto. Até preguiça para me deitar. Ai Senhor!

Não é isso. É que também tenho umas coisas em cima da cama, cujas não me apetece tirar de lá.

Ontem fui para a cama as 17h da tarde, ou até antes. É um facto. Acordei para jantar, supostamente. Eram 1:30h da manhã. Qual jantar...? Fui tomar xarope que também é bom para a tosse e voltei para a cama. Só acordei as 9h. O que se passou não teve a ver com a preguiça, antenção! Cheguei de Espanha as 8 da manhã e fui para a escola as 10h para ter aulas.

Portanto acho que vou mesmo dormir agora...

 

Isto é que foi um post pá!

Estou bem disposta! :D

Vou dormir feliz e...

Con sueños coloridos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 23:22

Palavraas...?

Quinta-feira, 17.09.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 21:45

Anjo!

Sexta-feira, 11.09.09

Este é um post simples, mas especial.

É especial porque a beleza, os valores e tudo mais não se descobrem em vão, não tão facilmente em pessoas especiais. Este é dedicado a uma pessoa especial, da qual eu ainda tenho muita beleza para descobrir!

Tudo tem uma razão? Pois tem, meu Anjo! E este post também.

Espero que seja 'inspirador'.

 

 

 

'Um abraço! Um puro e inofensivo abraço, longo, de modo a ter tempo de dizer 50 mil vezes desculpe e 50 mil vezes obrigado.'

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 00:38

SER FELIZ!

Quarta-feira, 09.09.09

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas não
esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo e posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no
recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter
medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para
ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo."

Fernando Pessoa

 

 

Eu identifico-me com este texto.

Muitas pessoas dizem ser felizes. Será que são? Ou será que dizem só para se iludirem a si mesmas? Eu já pensei realmente se me estava a iludir a mim própria ao pensar nesta questão. Antes de chegar à conclusão de que sou feliz, estive quase a acreditar que era só uma ilusão porque tenho momentos maus, como toda a gente. Pensei que se fechasse os olhos aos problemas e deixasse-os de lado, ali arrumados na gaveta, era feliz. Pensei que se não pensasse tanto neles era mais feliz. De certa forma sou, pois torna-nos mais infelizes estar a desarrumar algo que vai custar a meter outra vez na gaveta. Mas percebi que a verdadeira felicidade nós encontramos nos problemas, pois esses dão-nos a chance de abrir os olhos de uma outra forma para a nossa vida. Tornam-nos mais fortes e, quem é forte, é feliz. Sou feliz porque os meus problemas já me fizeram ver e viver a vida de muitas formas, cujas me tornaram mais e mais forte. Será que é assim? Eu penso que seja. Penso e sinto que sou forte e sou feliz por isso. Tenho vivido a acreditar que um dia vou ter um 'castelo', um grande castelo. Na maravilhosa viagem que é a vida, vou continuar a defrontar-me com problemas, mas vou continuar a ser cada vez mais forte e cada vez mais feliz, mesmo com eles na minha vida, à minha volta e dentro de mim. Decerto que vou ficar triste, mas isso é um sentimento que vem e vai, enquanto ser feliz é um sentimento constante que vem e não vai, mesmo triste. Pois sei que, mesmo nas más alturas, estará Alguém por aí a olhar por mim, acredito que sim. E, se as mesmas acontecem, acredito que aconteçam por uma razão, pois tudo na vida tem uma razão para acontecer. No meu caso, essas razões têm-me tornado forte e por isso sou feliz!

 

" A felicidade não está nas coisas, mas sim dentro de cada um de nós." 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 20:09

M.A

Segunda-feira, 07.09.09

Há algum tempo atrás -10 anos- conheci uma rapariga... Ela chama-se Cátia e é a minha melhor amiga. " Ai melhores amigas, não tenho isso!" Eu tenho, é ela. Porque um melhor amigo está em tudo e para tudo. Ela está. Apesar de não dar a entender talvez, a nossa amizade é mais forte do que aquilo que alguma de nós possa pensar. Eu própria não sei o quanto forte é e só saberei se a perder, portanto nunca quero saber. Deixa-a a ser cada vez mais forte. É ela que me faz rir quando o que só me apetece é chorar. Tenta suavizar todo o problema através de palavras ou gestos próprios dela, só dela. E ela consegue-o sendo ela mesma e por se preocupar muito comigo. Sente-se até triste por eu o estar. Mas ela não me diz que está, apenas sei que está. Melhor amiga como ela não hei-de arranjar, ou amiga como ela. Simplesmente não é uma simples amiga que vai e vem. É quem nunca me traiu a confiança, é quem pensa como eu. É por quem eu já chorei e quem nunca quero perder. Posso até dizer que a melhor qualidade dela é... A força dela. Aquela que ela tem para ela e para os outros. É inexplicável e só ela sabe quanto é forte, mas eu própria sinto a sua força. É quem DÁ! É companheira.

Vivo e já vivi coisas com ela que só com ela poderei viver. É como cada pessoa, cada um diferente do outro, mas tenho muita sorte em conhecê-la, simplesmente porque é uma amiga com um valor que eu, às vezes, posso nem saber reconhecê-lo. Ela depois também tem um sentido de humor muito estranho, que é coisa que adoro nela. Porque se formos a ver só eu é que compreendo o seu sentido de humor. Ela completa o meu.

Mas o que nós já passámos é... Mágico. É passado, mas é bem presente no meu coração e memórias. Sei que no dela também. Passámos momentos bons, menos bons mas... Até hoje sempre os ultrapassámos (aos menos bons) com muito apoio uma da outra.

Mas não são suficientes as palavras para demonstrar o sentido desta amizade. É especial e única.

 

É a minha melhor amiga e hoje agradeço-lhe por tudo, tudo, tudo que tem feito por mim, pois é parte grande da minha felicidade!

 

 

Gosto muito de ti!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 00:06

Fácil & Difícil

Domingo, 06.09.09

É fácil falar, díficil fazer.
É fácil tentar ajudar, difícil é consegui-lo. 
É fácil iludirmo-nos, difícil é quando somos desiludidos.
É fácil amar, difícil é sermos amados.
É fácil sonhar, difícil é concretizar.
É fácil ver, difícil é observar.
É fácil ouvir, difícil é escutar.
É fácil imitar, difícil é ser-se original.
É fácil esboçar um sorriso, difícil é ser verdadeiramente feliz.
É fácil escondermo-nos, difícil é enfrentar.
 
Mas... Será que o fácil é realmente fácil e o difícil... Realmente difícil? 

 

"As dificuldades, como as montanhas, aplainam-se quando avançamos sobre elas."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 02:39

Mágico!

Quinta-feira, 03.09.09

Das coisas melhores que pode haver neste Mundo é, sem dúvida, bandas constituídas por pessoas assim, pessoas únicas.

Aqui está um exemplo de como os U2 contribuem para a Paz no Mundo! É belo, muito belo.

Vale a pena ouvir e sentir!

 

 

 

" We would like to... turn our song into a prayer (...)

Is this the time for Human Rights!"

 

Bono Vox, U2

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 20:58

É isto

Terça-feira, 01.09.09

Não fui eu que desenterrei uma ferida do passado... Ela simplesmente voltou a aparecer para me magoar ainda mais. E eu apenas pergunto: porquê? Fácil era se pudessemos enterrá-la para sempre. Mas não, enquanto parte dela for viva, ela será como um todo.

Porque é que eu me refugio na escritaaaa? Será por ter medo de enfrentar a realidade? É... Eu sei que é. Medo de enfrentar os que mais amo. Apetece-me escrever tudo e despejar tudo, que nervos!! Mas não posso... Nem sei o que escrever mas tenho que o fazer.

Tudo era tão melhor quando era mais nova, mas as coisas mudam. Porque é que têm que mudar... para pior? Era a inocência da idade que me tapava os olhos ao óbvio. Porque é que agora a idade já não é assim tão inocente? Ao menos não sofria, não sabia, não preocupava os outros à minha volta com os meus problemas, algo que detesto mas que necessito. Mas é assim a vida de cada um de nós. Os problemas são inevitáveis e, se os mesmos nos aparecem, a nós só compete uma coisa: superá-los. É o que faço, mas lá por fazê-lo não quer dizer que não tenha que sofrer, porque sofro. Se calhar até demais. Sofro pelas pessoas que amo. E sofrer por essas pessoas é sofrer ainda mais, muito mais. E se sofremos, o que nos compete fazer? Procurar a felicidade... Procuro-a e encontro-a todos os dias, felizmente. Só que há-de existir sempre aquela ferida que, mesmo sarada, volta a magoar outra vez.

E acerca disso nada posso fazer... O medo irá sempre agir primeiro e impedir-me de o fazer.

 

 

É difícil para mim e para os que mais amo.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por themelodyofwriting às 02:59





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930





comentários recentes

  • vibradores

    Eu gosto de seu blog

  • Hugo Legue (leki leki)

    Querida!!! opa...nao lido muito bem com elogios......

  • Vladmiro

    É um artigo muito bom vai fazer bem a juven...

  • Anónimo

    Olá miúda,Afinal também estás atenta e presente! A...

  • themelodyofwriting

    Oh babe, sabes bem que gostei do que escreveste. A...

  • Joana

    É verdade sim senhora amiga escritora! ;) isto é u...

  • Joana

    Entao tens de tirar um fim de semana da tua agente...

  • themelodyofwriting

    ADORAVAAAAAAAAAAAAAAAAAAA JOANA!!!!!

  • Joana

    Andar a cavalo?? Oh babe nao seja por isso eu levo...

  • Anónimo

    Minha querida, a vida são umas férias que a morte ...




subscrever feeds